Quando você ouviu falar de uma construtora que está tokenizando imóveis em fase de construção e viu que as cotas eram muito acessíveis, você se perguntou o que é token?

Então é o momento ideal para você conhecer os tokens, essa revolução no criptomundo que está impulsionando os negócios de todos os segmentos com mais agilidade, transparência e segurança.

Da oferta de ações da empresa à venda de direitos de uma safra de soja, é possível tokenizar ativos, direitos, estoques, títulos e até mesmo beneficios, como os programas de relacionamento com clientes.

Seja com a solidez dos security tokens ou a falta de limites para a criatividade com os NFT, você encontra um tipo de token específico para os objetivos da empresa.

Nesse artigo, a BLOCKBR vai falar sobre os tokens e como eles podem aumentar as vendas e os lucros do seu negócio!

O QUE É TOKEN?

Tokens são arquivos criptografados desenvolvidos com a tecnologia de uma blockchain para expressar digitalmente o valor de um ativo, direito ou serviço de uma organização comercial ou não, de pessoas ou de grupos.

A simplicidade da tecnologia usada, aliada ao alto nível de segurança e a velocidade, permitem o uso dos tokens para variados objetivos, entre eles:

Com tantas finalidades possíveis e vantagens, a tokenização estará cada vez mais presente na vida de empresas, sociedades e pessoas!

3 DADOS IMPORTANTES SOBRE OS TOKENS

Quer conhecer os benefícios de tokenizar um ativo do seu negócio? Veja o nosso artigo!

COMO OS TOKENS FUNCIONAM?

Os tokens funcionam como a expressão do valor de um ativo, direito ou serviço ao qual está associado – desde tokens de roupas da nova coleção de uma grife de moda ou a tokenização dos direitos autorais das músicas de um cantor.

Para a existência e utilização dos tokens, existem duas entidades fundamentais.

BLOCKCHAIN

Trata-se de um ecossistema digital com altíssima capacidade de processamento e composto basicamente de supercomputadores (os nós da blockchain) que validam todas as transações com tokens, de criptografia de alto nível e de modernos protocolos de segurança.

A blockchain é a casa da tokenização, onde todos os fatos irão ocorrer. Quer conhecer mais sobre a blockchain? Veja em nosso artigo!

CONTRATO INTELIGENTE

O smart contract é a versão digital das condições – direitos, deveres e penalidades – pactuadas para ofertar o ativo tokenizado.

É o centro da estratégia de tokenizar, pois dá aos investidores a confiança de que as cláusulas serão cumpridas nos tempos e valores corretos – tudo é executado eletronicamente, sem interferência humana.

Quer saber mais sobre o smart contract? Veja em nosso artigo!

QUAIS OS TIPOS DE TOKENS EXISTENTES?

Existem diversas modalidades de token de acordo com uma finalidade específica para a qual ele foi criado ou de acordo com a classe de ativo que ele representa. Vamos falar deles!

PAYMENT TOKENS

São os tokens mais conhecidos, pois na prática, os tokens de pagamentos são as moedas digitais, como a litecoin e o ether, usados como meio de pagamento digital e também em remessas internacionais e outras operações de transferência monetária.

UTILITY TOKENS

São os tokens de utilidade, criados por empresas para dar ao seu detentor o poder de usar em determinadas situações, como créditos na sua relação de consumo com uma marca. Os mais conhecidos estão relacionados a programas de fidelidade e programas de milhagem.

Os tokens de utilidade são entregues aos clientes/usuários a partir do cumprimento de ações e metas – como acontece com os programas de milhagens – e podem ser ótimos investimentos pois são ligados a serviços de oferta limitada, gerando escassez.

SECURITY TOKENS

Também chamados de tokens de seguridade, eles representam um investimento em ativos mobiliários – ações, debêntures, garantias e contratos futuros são os exemplos mais comuns.

EQUITY TOKENS

São os tokens que dão direito à parte dos lucros e direito de voto nas decisões estratégicas das empresas e assim como acontece com as ações no mercado tradicional, os equity tokens são divididos por classes.

A definição dessas classes se faz pela porcentagem sobre os lucros e o número de votos nas decisões da empresa.

São oferecidos por meio de STO na blockchain, como os tokens de seguridade. Porém, enquanto esses rendem apenas sobre a riqueza gerada pelo negócio, as ações dos equity tokens oferecem também a propriedade e o direito a voto.

FAN TOKENS

FAN TOKENS

Os tokens de fãs são uma derivação dos utility tokens, porém com notoriedade por terem sido adotados como produto por times de futebol, artistas, influencers e outros.

Um clube de futebol pode tokenizar um programa de torcedor e promover encontros com os jogadores, participar de eventos exclusivos, dar direito a votar na escolha de modelos de uniforme e outros assuntos.

Recentemente, o Internacional de Porto Alegre lançou o seu fan token assim como outros clubes brasileiros, seguindo o caminho de grandes clubes europeus. Com isso, captará uma receita incremental para novos projetos.

NFT (NO-FUNGIBLE TOKEN)

Esse tipo de token consegue se destacar em criatividade, mesmo quando está na companhia de inovações como os fan tokens e os security tokens. Para entender de forma mais ampla o significado de um token não fungível (NFT):

Como era esperado, os tokens infungíveis se tornaram um sucesso onde a exclusividade e a disposição em pagar alto são marcas registradas nos mercados do entretenimento, das artes, da moda e do design.

Os NFT não precisam sequer sair de onde estão – os novos donos recebem um atestado de autenticidade – e podem ser excelentes investimentos para quem compra e revende e uma ótima fonte de renda para artistas, recebendo royalties das revendas.

E tudo com a velocidade, a modernidade e a segurança de um token na blockchain!

3 PASSOS PARA SABER COMO EMITIR O SEU TOKEN

Apesar de parecer complexo pelo seu conteúdo tecnológico de ponta, os tokens são simples de serem criados e passam por 3 grandes fases até serem ofertados ao mercado na blockchain.

1 – ESTRUTURAÇÃO DO TOKEN

A empresa tokenizadora avaliará alguns aspectos importantes sobre o ativo a ser tokenizado.

2 – EMISSÃO DO TOKEN

Nessa etapa, a empresa de tokenização providenciará a criação dos tokens – um ativo pode ser fracionado para facilitar a oferta) – e dos contratos inteligentes, que trazem todos os direitos, deveres e penalidades.

3 – DISTRIBUIÇÃO DO TOKEN

Essa etapa começa com a oferta inicial do token na blockchain, quando os investidores podem adquiri-los. Após a compra, o detentor transfere os tokens para uma carteira digital. Se desejar e o smart contract prever, poderá negociá-los no mercado secundário.

Como vimos, usar tokens para impulsionar o capital da empresa ou abrir novos modelos de negócio será uma realidade cada vez maior, trazendo agilidade, segurança e mais lucros!

BLOCKBR Digital Assets é uma fintech que une a inovação tecnológica e o conhecimento digital para transformar ativos físicos em digitais, no processo de tokenização de ativos.

A oferta de ativos físicos e financeiros tokenizados, tanto os atuais quanto novos, é democrática e descentralizada, o que torna a forma de investir segura, mais simples e mais eficiente.

Viabilizamos, estruturamos, emitimos e fazemos a oferta de tokens em nossa plataforma e fora dela. Esteja ciente que tokens dependem de viabilidade e fatores regulatórios.

Você quer tokenizar seu negócio ou parte dele? Tem uma solução de negócio e faz sentido emitir seu próprio token?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *